30.4.10

Topping para Pizza

A pizza é a musa, aprendi com Jamie Oliver ( meu muso inspirador) . Tendo noção de como fazer a massa, que eu vou passar a receita aqui depois, o resto é brincadeira de criança. Infelizmente o meu forno é um humilde forno genérico e não alcança muita estabilidade para fazer a massa crescer e ficar crocante. Porém posso me gabar de ter feitos algumas pizzas deliciosas sempre que tive a oportunidade.

Mas aqui vamos falar de recheios para a pizza. Pode-se tudo, ou quase tudo no quesito topping. Sabendo fazer as combinações corretas de sabores, fazer recheios para pizza pode se converter num vicio deslumbrante e gordo. Ainda mais depois que descobri que misturar o parmesão ralado à mussarela pode arredondar melhor o sabor. Por enquanto vai aqui duas receitas ultra simples.

Recheio de Ricota com parmesão azeitonas pretas, alho picado e coentro :

Desta receita pode-se usar até três tipos de queijos, mussarela, parmesão e ricota dando a predominância para a ricota. Eu gosto de usar somente a ricota e o parmesão ralado grosso. Há quem não goste de coentro, porém, se usado com parcimônia, ele pode exalar uma frescura doce e picante, que combina bem com a força do parmesão. As azeitonas pretas devem estar picadas ou fatiadas, elas serão usadas mais para contrastar o sabor – insosso- da ricota com o salgadinho da conserva, do que como ator principal. O alho, que eu sempre coloco bastante, serve como um potencializador da alegria de viver. Apenas uma pincelada de molho de tomate no fundo da pizza, para umedecer.

De 5-7 minutos no forno super quente – ou tempo suficiente para que a massa cresça e o recheio derreta, criando uma fina crosta de parmesão- talvez mais, como no meu. No forno a lenha, é um suspiro. 3 minutos e já está!


Napolitana

Essa não precisa de introdução : Muita mussarela, muito alho picadinho, molho de tomate ao fundo. Pra mim fica bom assim mesmo. Às vezes no calor do momento, acrescento fatias bem finas de abobrinha.

2 comentários:

erick bandeira disse...

humm . .estou começando a ficar com fome

Bety disse...

Paloma, seu blog é delicioso de ler. Voce escreve como escritora. Vá em frente, que há muita estrada brilhante pra voce.

E as receitas, hein?! Quem me dera fornos que alcançassem estabilidade!!! uau! aprendi mais uma.
Parabńes,
e beijos na mamaezinha,
velha querida amiga,
Bety